Home Alma Pop Millennial x Geração Z: entenda a discussão que tomou a internet

Millennial x Geração Z: entenda a discussão que tomou a internet

Hábitos considerados corriqueiros por uma geração são considerados vergonha alheia por pessoas mais novas; entenda o que são millenials, geração Z e o infame cringe.

Uma discussão tem crescido na internet nos últimos dias, a respeito de hábitos que podem não ter passado entre as gerações mais jovens. Após a influencer Carol Rocha perguntar, em uma publicação no Twitter, o que a geração Z (veja abaixo o significado dos termos) acha ‘um mico’ (ou cringe) entre o que é corriqueiro para millenials, milhares de respostas trouxeram à tona um debate que se repete de tempos em tempos: o conflito geracional.

A ideia de conflito entre grupos de pessoas separados pela idade não é nova. Em uma dissertação sobre práticas educacionais na Grécia antiga, publicada em 1907, o estudante Kenneth John Freeman, da universidade de Cambridge, elabora em palavras próprias um resumo do que se pensaria sobre ‘os jovens’ nessa época. Veja abaixo:

‘As acusações são de viver no luxo, maus costumes, desprezo pela autoridade, desrespeito aos mais velhos, e um amor por conversar em vez de se exercitar (…)

As crianças começam a se tornar os tiranos, não os escravos, de suas casas. Elas não se levantam mais de suas cadeiras quando os idosos entram no cômodo; elas contradizem seus parentes, conversam à revelia das outras pessoas, devoram guloseimas à mesa, e cometem várias ofensas aos costumes helênicos, como cruzar as pernas. Elas tiranizam pedagogos e professores.’

A discussão sobre o que é cringe, portanto, não passa de mais um capítulo de um conflito geracional que se fez presente com frequência ao longo da história. Para ajudar a entender a situação, porém, O POVO explicou alguns termos usados no debate. Veja abaixo:

O que é cringe?

A palavra vem do verbo em inglês ‘to cringe’, que significa ‘encolher-se’ (de medo, angústia ou algum sentimento negativo similar). Nos últimos anos, virou gíria, no próprio inglês, para atitudes que causariam, explicando em português coloquial, ‘vergonha alheia’.

Transformada em adjetivo, a palavra ‘cringe’ se espalhou além da internet anglófona, com pessoas mais jovens usando a expressão ‘isso é cringe’ para descrever situações vergonhosas ou irritantes cometidas por alguém.

O que é millennial?

A grosso modo, ‘millennials’, ou ‘geração Y’, são as pessoas nascidas entre 1980 e 1994. Também chamados, na sociologia, de ‘geração do milênio’ ou ‘geração da internet’, este grupo é definido pelas pessoas que viveram a infância ou adolescência nos últimos anos do século XX e primeiros do século XXI.

Uma característica dos millennials, por esta definição, é o uso costumeiro de tecnologia, sem, porém, terem nascidos em um mundo onde eletrônicos avançados eram ubíquos. É possível pontuar, por exemplo, que esta geração tem uma grande integração com o uso da internet, mas que parte significativa começou a usá-la na época das conexões discadas; ou que hoje são pessoas habituadas com smartphones, mas que cresceram em uma época onde mesmo os celulares mais básicos, que faziam apenas chamadas, não eram quase onipresentes.

O que é geração Z?

Geração Z, ou Gen Z, é a geração que vem imediatamente depois dos millenials. Nascido entre 1995 e 2010, este grupo é composto de pessoas que hoje estão entre o começo da adolescência e o começo da vida adulta.

Uma das características mais comuns da geração Z é serem os chamados ‘nativos digitais’, por terem crescido em um mundo onde a internet já era de uso corriqueiro em boa parte do planeta. Também neste tema, a geração Z teve contato desde muito cedo com grande parte dos avanços em aparelhos eletrônicos atuais – o primeiro iPhone (que, embora não tenha sido o primeiro smartphone, foi o aparelho que popularizou o formato), por exemplo, foi lançado em 2007.

Por que a geração Z está chamando millennials de ‘cringe’?

Este ponto é um pouco complicado. Na publicação feita no Twitter, alguns usuários apontaram que coisas que muita gente entende como corriqueira, como beber café ou pagar boletos, seria ‘cringe’. Ser fã dos livros da saga Harry Potter, cujos livros foram publicados (em primeira edição) no Brasil entre 2000 e 2007, seria outro traço ‘vergonhoso’ dos millennials, bem como gostar da série televisiva Friends – exibida originalmente entre 1994 e 2004 – ou de filmes da Disney.

Alguns pontos podem ser ainda mais confusos: também foram apontados como ‘cringe’ tomar café da manhã, usar calça skinny (que é justa em todo o comprimento das pernas), usar emojis ou usar o cabelo de lado. O motivo para esses comportamentos serem considerados estranhos? Se você não sabe, talvez você também seja ‘cringe’.

O que a geração Z considera cringe nos millennials?

Segundo o Twitter, seguem os pontos mais comuns considerados, pela geração Z, coisas ‘cringe’ que os millenials fazem:

  • Gostar de café
  • Tomar café da manhã
  • Usar emojis nas mensagens
  • Pentear o cabelo de lado
  • Ter calça skinny
  • Ouvir rock
  • Ser fã de Friends
  • Ser fã de Harry Potter
  • Ser fã de filmes da Disney
  • Usar hashtags (#) em fotos
  • Chamar cerveja de ‘litrão’
  • Usar sapatilhas
  • Gostar de minimalismo
  • Não entender ou gostar do TikTok
  • Ter ido a locadoras de filmes
  • Pagar boletos
  • Em mensagens, rir com as expressões ‘rs’ ou ‘hahaha’
  • Ouvir Raça Negra
  • Assistir jornal

Fonte: O Povo

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Como gostaria de ser chamado?

Mais Populares

Artigos Comentados

Henrique Vieira Rodrigues da Silva on O futuro do transporte público de Praia Grande
Esther Zancan on Quanto vale seu tempo?
Rafa Purps on Quanto vale seu tempo?
Carlos Alberto Rios Fernandes on Com quantos seguidores se faz um influenciador?