Home Alma Destaque O papel do amor: a história de superação desse casal que está...

O papel do amor: a história de superação desse casal que está imprimindo sucesso pelo Brasil

A história de amor e sucesso do casal de Praia Grande que está conquistando o mercado gráfico do Brasil, com foco no pequeno e médio empresário – Foto: (Lucas Viveiros)

De uma pequena gráfica em um balcão a futuros proprietários de uma rede de franquia. O jovem casal por trás da Print Center do Brasil, Rayssa Alves Rodrigues, de 28 anos e Caio Vinicius Pereira de Camillo, de 32, têm uma história de muita garra e força de vontade em seguir os sonhos. Com equipamentos de última geração, 25 colaboradores e mais de 2 mil produtos feitos na empresa matriz, em Praia Grande, a Print Center é uma das maiores referências regionais do setor.

A ideia de expansão para a criação de franquias surgiu neste ano de 2021. “Toda cidade e centro comercial precisa de uma gráfica por perto, a demanda está em toda parte e a Print Center tem um perfil regional. Estamos ansiosos para abrir essa oportunidade e conquistar novos franqueados para aproveitar esse sucesso. Estaremos prontos com o modelo de franquia já em 2022”, conta Caio.

E qual é a história por trás de todo o sucesso? O casal fala sobre os desafios e caminhos trilhados até aqui.

O primeiro contato de Caio com uma gráfica aconteceu por conta de seu pai, que trabalhava em uma grande empresa do setor e o levou para atuar junto a ele. Não foi preciso muito tempo para que pai e filho abrissem seu próprio negócio familiar.

Empreender traz muitos desafios, ainda mais trabalhando ao lado da família.  Caio queria alçar voos maiores e trabalhar apenas para ele mesmo. Arriscou e se desligou da empresa que seu pai havia montado. Com o incentivo de Rayssa e a venda de alguns computadores usados que possuia, comprou passagens de avião para os Estados Unidos. “Comprávamos produtos lá e revendíamos aqui. Nós éramos muambeiros, e não tenho vergonha nenhuma de contar isso”.

O casal, que se conheceu há 10 anos durante uma apresentação no Show de Verão, evento que acontecia na praia no bairro da Aviação, se destaca pela forte parceria e cumplicidade. Rayssa se desdobrava entre o trabalho e a faculdade, além de ajudar Caio com as vendas dos produtos trazidos dos EUA. Começaram vendendo para amigos e colegas da faculdade e logo já estavam recebendo encomendas e até lista de espera para compras. As coisas estavam acontecendo de maneira rápida e era o momento de decidir se eles arriscariam tudo para correr atrás de seus sonhos.

Foi em uma noite no Pepitas (tradicional lanchonete da cidade de Praia Grande) que eles fizeram as contas rabiscando o papel toalha da mesa, tomando a decisão morar juntos e buscar a independência. Rayssa deixou a advocacia para trabalhar ao lado do marido, abrindo a empresa que tanto sonhavam.

Foto: (Lucas Viveiros)

A primeira gráfica do casal era chamada de Bill Colors e funcionava em um pequeno balcão no bairro Antártica. A demanda era pequena e Caio precisou pedir dinheiro emprestado a sua avó, que também foi fiadora do imóvel, para manter o negócio de pé. Foram seis anos até nascer o nome Gráfica Print Center, localizada no espaço que hoje funciona como a matriz das empresas. O local está sendo reformado para agregar a locação de mais um espaço nos fundos, com o objetivo de investir em máquinas mais potentes e também para oferecer uma dinâmica de produção mais confortável para seus colaboradores.

Perguntamos ao casal como foi o enfrentamento da pandemia em relação aos negócios. “Foi um teste de sobrevivência. Quando tudo fechou, mandamos os funcionários para casa e continuamos a pagar os salários normalmente. Essa era nossa maior preocupação: o bem estar dos colaboradores”, afirma Caio.

Um dos pontos cruciais que eles destacam foi a rapidez com que o comerciante precisou se adaptar à nova realidade. “Tem muita gente que fica só esperando a onda engolir. Então, assim que surgiu o problema, procurei ter a visão do que eu precisava fazer para sobreviver. Já estava negociando aluguel e diminuindo custo antes de chegar o tsunami. Por isso saímos dessa crise melhor do que entramos”, afirma Caio.

Hoje mais fortes e com processos bem mais lapidados, eles se preparam para invadir com mais força o mercado virtual. Com um site remodelado, o casal mira atender todo o mercado nacional, por isso a mudança no nome da empresa, que agora é Print Center do Brasil. A matriz em Praia Grande servirá de força motora para a produção de todas as lojas e para o atendimento online. Quando questionados a respeito dos sonhos, eles respondem em uníssono:

“Nosso sonho é ter nossos filhos e nos aposentar o mais rápido possível.”

Nós da ALMA temos certeza de que a força e determinação deles fará com que atinjam esse sonho muito mais rápido do que imaginam, e queremos agradecer tantos ensinamentos que nos passaram. Definitivamente foram lições que não caberiam em apenas um texto, afinal, são lições que apenas a vida dá – algo que não pode ser descrito em palavras.

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Como gostaria de ser chamado?

Mais Populares

Artigos Comentados

Henrique Vieira Rodrigues da Silva on O futuro do transporte público de Praia Grande
Esther Zancan on Quanto vale seu tempo?
Rafa Purps on Quanto vale seu tempo?
Carlos Alberto Rios Fernandes on Com quantos seguidores se faz um influenciador?