Home Alma Family O que os muçulmanos acham do uso dos stickers do Ramadan

O que os muçulmanos acham do uso dos stickers do Ramadan

O mundo do Instagram virou polêmica desde o último dia 13 por conta dos novos stickers de engajamento que fazem referência ao Ramadan.

Usuários que utilizam desses stickers em seus stories têm aumento no número de visualizações de seus próprios seguidores porque o Instagram coloca esse conteúdo na timeline Ramadan.

É comum do Instagram criar esses stickers, como pudemos ver no Ano Novo Chinês, em que 2021 foi representado como Ano do Boi; e no Dia Internacional das Mulheres. Todos eles tiveram sua própria timeline no Story que reúne um compilado de alguns stories de quem você segue. Com o Ramadan não é diferente.

Porém, o último tem incomodado a comunidade islâmica e neste texto iremos explicar o porquê e reunimos opiniões de muçulmanos sobre o uso indevido dos sticker do Ramadan.

O QUE É RAMADAN?

O Ramadan (ou Ramadã ou Ramadão) é o nono mês do calendário islâmico, que tem início no dia 13 de abril e se encerra no dia 12 de maio.

Durante o mês, os muçulmanos jejuam todos os dias do nascer até o pôr-do-Sol. Não podendo ingerir nenhum alimento nem líquido.

Além disso, durante o mesmo período diário, não podem ter relações sexuais e devem aumentar o tempo de leitura do Alcorão; evitar pensamentos e atitudes negativas; e se esforçar para serem mais generosos e pacientes.

RAMADAN É SAGRADO!

O Ramadan é sagrado para os islâmicos, pois é o mês em que o Alcorão foi revelado ao mundo.

Para quem não sabe, o Alcorão é o livro sagrado islão, assim como a Bíblia é para os cristãos, para efeito de comparação.

É um tempo de renovação da fé, da prática mais intensa da caridade e da vivência mais profunda da fraternidade e dos valores familiares.

Ou seja, o Ramadan é um período de conexão religiosa.

TODOS DEVEM SEGUIR O JEJUM?

Não! Pessoas doentes ou com doenças incuráveis, crianças, grávidas, lactantes, mulheres menstruadas e idosos estão livres do jejum alimentício, mas devem fazer os demais rituais do Ramadan.

POLÊMICA

Posto tudo isso, hora de explicar o porquê de a comunidade muçulmana estar se ofendendo com o uso indevido dos stickers do Ramadan.

Muitas pessoas estão utilizando-os para promover produtos e fotos pessoais não relacionadas ao período sagrado.

Os produtos variam desde comida a itens de sex shop. Ou seja, os usuários da plataforma estão divulgando alimentos em um período cujo uma das principais características é o jejum, e incluindo sexo em algo religioso.

As fotos pessoais incluem família, amigos, selfies e/ou roupas de banho ou de baixo. Mulheres de lingerie, de biquíni. Homens sem camisa, de sunga. Teve gente postando até que estava fumando maconha.

Tudo isso dentro de algo, repetindo novamente, religioso e sagrado para a cultura muçulmana.

A OPINIÃO ISLÂMICA

A Alma PG resolveu entrar em contato com alguns muçulmanos para falarem sobre o tema.

Matheus, nosso jornalista e filho de libanês-muçulmano, entrou em contato com familiares e amigos. Por questões pessoais e de cultura, resolveu privar os nomes de cada um, mas deixou aqui a opinião de seus entrevistados:

Usando de forma respeitável, não vejo problema nenhum“, disse um amigo;

Acho desnecessário postar stories que não têm nada a ver com o Ramadan” – amigo;

Tem coisas que incomodam, tipo o pessoal comendo ou de biquíni, se beijando, porque são coisas que não podem fazer durante o Ramadan. Mas como está público, não dá para controlar” – prima;

Eu achei ótimo a criação dos stickers, porque é uma época muito importante e deve receber sua devida atenção. Porém, a partir do momento que usam para algo que seja além dessa questão da valorização do Ramadan, se torna algo desrespeitoso e sem cabimento. Se for usado de forma correta, uma das coisas mais bonitas de se ver” – amiga;

Se usar com moderação, tudo bem. Mas está sendo postado com coisas que desrespeitam qualquer religião, tipo o Dia do Beijo com o sticker do Ramadan. Sei que a partir do momento que está lá para ser usado, geral vai usar em busca de engajamento. Mas se informar antes não custa nada” – tia;

Essa é uma oportunidade de aumentar a visibilidade dos muçulmanos, considerando que o islamismo é uma religião muito estigmatizada popularmente no Brasil. A desculpa de muitos é ‘todos estão usando de forma errada, então posso usar também’ é muito injusta e desleal” – amiga;

Se a pessoa usou o sticker e sabia do significado, aí me incomoda. Mas para mim, o que importa é fazer a sua obrigação dentro da sua religião” – primo;

Me incomodou muito. Uma falta de respeito comigo e com outras 1.8 bilhões de pessoas que são muçulmanas e praticam o Ramadan” – prima;

Me incomoda pessoas que sabem o que o Ramadan representa para nós e mesmo assim posta para cutucar. Você não precisa gostar da minha cultura, mas precisa respeitar. Isso mostra quem é você, a sua personalidade. Essa é a língua do mundo: é o respeito” – amiga.

Ficou por aqui o que é o Ramadan, o que representa e como os muçulmanos se sentem/sentiram sobre o uso indevido dos stickers.

É uma questão de respeito. Religião é sério e não se discute. Seja você cristão, católico, evangélico, mórmon, budista, seja o que for… ninguém gosta de ver sua crença desrespeitada.

Tenham consciência.

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Como gostaria de ser chamado?

Mais Populares

Artigos Comentados

Henrique Vieira Rodrigues da Silva on O futuro do transporte público de Praia Grande
Esther Zancan on Quanto vale seu tempo?
Rafa Purps on Quanto vale seu tempo?
Carlos Alberto Rios Fernandes on Com quantos seguidores se faz um influenciador?