Home Namaste Quem será normal pós-pandemia?

Quem será normal pós-pandemia?

Texto escrito por Aline Rollo

Manter a saúde mental equilibrada tem sido um dos desafios dessa pandemia, que já dura mais de um ano. Há mais de 365 dias enfrentamos o vírus da Covid-19, que levou o Brasil a ter mais de 2 mil mortes por dia. O medo tomou conta de muita gente; outros preferem ignorar a gravidade da situação. Perdemos pessoas queridas, sentimos o medo como um nó na garganta que não se desfaz. O desemprego assombra e desespera.

Ansiedade é um dos diversos problemas apresentados pela população em decorrência à pandemia. (Foto: Divulgação)

Eu, por exemplo, sigo numa montanha russa, e no ápice da altura, parece que vou enlouquecer. Depois, quando acontece a descida, o equilíbrio e a resiliência voltam a dar as caras. Fico pensando com meus botões quem será ‘normal’ pós-pandemia.

Relatos de crises de pânico e ansiedade entre quem nunca teve problemas com a saúde mental são cada vez mais frequentes. E quem já enfrenta essas questões, vem sendo desafiado por seus próprios limites. A tal normalidade vai se distanciando cada vez mais porque a luta contra nossos próprios demônios intensifica nosso instinto de defesa. Passamos a ficar sempre alertas, prontos para uma batalha.

A superação acaba sendo diária. Um dia de cada vez, vamos vivendo a intensidade de uma pandemia grave, a explosão de sentimentos que nos tocam, a falta ou a presença de empatia e amor. O isolamento nos força a lidar com o que está escondido debaixo daquele tapetinho bonito que colocamos na sala de visitas.

Talvez nosso normal pós-pandemia seja exatamente essa nova forma de enfrentamento entre nossa mente e as ações ao nosso redor. Já percebemos que não é possível controlar ações externas, então o olhar se volta pra dentro. Ao nos observar cada vez mais, podemos decidir quais lutas valem a pena incluir em nossa lista diária de desafios.

Muitas vibrações positivas a todos. Que possamos manter nossos desejos e objetivos fortes, como esse retorno incrível da ALMA, apesar de tudo o que estamos passando.

4 Comentários

  1. A gente precisa do autocuidado mais do que nunca. Os pensamentos são cada vez mais pessimistas e a gente precisa criar uma barreira entre a vida externa na qual não temos controle e a nossa consciência.

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Como gostaria de ser chamado?

Mais Populares

Artigos Comentados

Henrique Vieira Rodrigues da Silva on O futuro do transporte público de Praia Grande
Esther Zancan on Quanto vale seu tempo?
Rafa Purps on Quanto vale seu tempo?
Carlos Alberto Rios Fernandes on Com quantos seguidores se faz um influenciador?